terça-feira, 26 de abril de 2011

Após roubo de dados de usuários, Sony irá 'reconstruir' a PlayStation Network


Por medidas de segurança, a companhia japonesa deverá manter a rede offline por uma semana para sua reconstrução

Desde a última quarta-feira (20/4), os usuários do PlayStation 3 estão sem acesso à PlayStation Network, a rede online de jogos da Sony, devido a um ataque hacker externo à rede. Para piorar a situação dos gamers, nesta segunda-feira (25/4), a Sony divulgou um anúncio afirmando que deverá manter a PSN offline por cerca de uma semana devido ao vazamento de dados de usuários, confirmado pela companhia hoje.


Em anúncio oficial, a Sony admitiu que dados de jogadores da rede foram roubados pelos hackers. Entre as informações estão nome, endereço (cidade, estado e CEP), país, e-mail, data de nascimento e a identificação individual (ID) de cada usuário da PSN.

A empresa acredita que o número de cartões de crédito, sua maior preocupação após o ataque, não devem ter sido acessados pelos hackers. A Sony afirma ter contratado uma "reconhecida empresa de segurança" que está realizando uma investigação para apurar como os dados foram roubados.

Para garantir a segurança, a companhia afirmou que irá "reconstruir" todo o serviço da PSN do zero. "Esse é um processo que consome um tempo intenso e nós estamos trabalhando para colocá-la online rapidamente", afirmou o porta-voz da empresa, Patrick Seybold.

A queda da PSN aconteceu em um momento delicado para a Sony, já que aguardados títulos com modos online de jogo, como Portal 2 e o novo Mortal Kombat, foram lançados nesse período. Muitos usuários reclamaram do serviço em redes sociais e pediram mais transparência da Sony no processo de reconstrução da PSN. Atualmente, a rede de games online do PS3 suporta mais de 75 milhões de usuário ao redor do mundo.

De acordo com a Sony Brasil, a PlayStation Network do país deve chegar ainda em 2011, mas não tem data de lançamento confirmada. Segundo a divisão brasileira da companhia, ainda não há informações se a queda e a reconstrução de toda a rede prejudicará o lançamento da PSN no país.